Especial

Especial

Bem vindo ao nosso Portal

Seja bem-vindo ao nosso site!!!


SEJA MAIS UM SEGUIDORES

GRUPO OFICIAL DO PORTAL DO SERVIDOR : CURTA NOSSO PÁGINA NO Facebook

GRUPO OFICIAL  DO PORTAL DO SERVIDOR : CURTA NOSSO PÁGINA  NO Facebook
Facebook

( PARA VER AS FOTOS DOS IMÓVEIS CLIK NO BANNER DO GRUPO)

( PARA  VER  AS  FOTOS  DOS  IMÓVEIS  CLIK   NO  BANNER    DO  GRUPO)
QUER VENDER OU COMPRAR SEU IMÓVEIS? ENTÃO LIGUE 69 92271754 OU 69 99748166

SELECIONE SEU IDIOMA AQUI.

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Suspenso julgamento sobre desconto em pagamento de servidores em greve

Links para esta postagem
BSPF     -     02/09/2015

Pedido de vista do ministro Luís Roberto Barroso suspendeu, nesta quarta-feira (2), o julgamento pelo Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) do Recurso Extraordinário (RE) 693456, com repercussão geral reconhecida, que discute a constitucionalidade do desconto nos vencimentos dos servidores públicos em decorrência de dias não trabalhados por adesão a greve. Antes do pedido de vista, haviam votado o relator, ministro Dias Toffoli, admitindo o desconto, e o ministro Edson Facchin, que entende que apenas ordem judicial pode determinar o corte no pagamento.


No caso concreto, o RE foi interposto contra acórdão do Tribunal de Justiça fluminense (TJ-RJ) que determinou à Fundação de Apoio à Escola Técnica do Estado do Rio de Janeiro (Faetec) que se abstivesse de efetuar desconto em folha de pagamento dos trabalhadores em decorrência de greve realizada entre março e maio de 2006. A fundação alega que o exercício do direito de greve por parte dos servidores públicos implica desconto dos dias não trabalhados.


Relator


O ministro Dias Toffoli destacou que a deflagração de greve pelo servidor público se equipara à suspensão do contrato de trabalho e, por esse motivo, os dias não trabalhados não devem ser pagos. Salientou ainda que a Constituição brasileira admite greve no serviço público, mas há países democráticos que não o permitem. Destacou também que, nos países que permitem a paralisação, em geral existe um fundo de greve para custear dias parados e não onerar o Estado.


Para o relator, ainda que o movimento grevista não seja considerado abusivo, a regra deve ser o não pagamento de salários, a não ser que haja a compensação dos dias parados e o parcelamento dos descontos sejam objeto de negociação. O desconto não será realizado se a paralisação for provocada por atraso no pagamento ou se, em situações excepcionais, justificar-se o afastamento da relação de trabalho. O ministro citou como exemplo situações em que o ente público ou o empregador tenha contribuído, mediante conduta recriminável para que a greve ocorresse. “A negociação sempre será a melhor solução para resolver os efeitos de movimentos paredistas”, afirmou o ministro Dias Toffoli.


No caso concreto, o ministro votou pelo provimento do recurso apresentado pela Faetec (leia a íntegra do voto).


Divergência


O ministro Edson Fachin considera que a adesão do servidor público a movimento grevista não pode representar opção econômica de renúncia ao pagamento. Segundo ele, a greve é o principal instrumento de reivindicações do servidor público frente ao Estado e, por esse motivo, a suspensão da remuneração é um fator essencial na relação jurídica instalada a partir da deflagração do movimento paredista e não pode ser decidida unilateralmente. Entende também que o direito fundamental à greve está intrinsecamente ligado à consolidação do estado democrático de direito.


“A adesão de servidor a movimento grevista não pode representar uma opção economicamente intolerante ao próprio grevista e ao núcleo familiar”, ponderou o ministro.


Para o ministro Facchin, enquanto não houver lei que regulamente o direito de greve no serviço público, deve ser aplicada a legislação válida para o setor privado, conforme já decidido pelo STF. Entretanto, observa o ministro, a regra para a suspensão de pagamento não pode ser aplicada, pois os servidores públicos não contam com o instrumento do dissídio coletivo nem com a possibilidade de intervenção da Justiça do Trabalho para mediar o conflito.


No seu ponto de vista, apenas a partir de determinação judicial, não havendo acordo entre as partes ou sendo constatada a ilegalidade ou abusividade da paralisação, é possível o corte nos salários. O ministro observou que esse entendimento não representa ausência de consequência para os grevistas, pois deverá haver compensação dos dias parados ao final do movimento.


Para o ministro, a paralisação no setor privado causa prejuízos econômicos a ambas as partes em decorrência da situação de perigo em que se coloca a atividade econômica o que, em geral, leva os interessados a buscarem acordo no menor tempo possível de forma a reduzirem as perdas. Em seu entendimento, no setor público a lógica é diferente e, embora haja setores mais essenciais que outros, muitas vezes, o poder público posterga ao máximo o início das negociações.


“Permitir o desconto imediato no salário dos servidores públicos significa que os prejuízos do movimento paredista serão suportados apenas por uma das partes em litígio. Essa lógica praticamente aniquilaria o direito de greve no setor público”, concluiu o ministro Facchin.


Questão de ordem


Em questão de ordem no início do julgamento, os ministros, por maioria, decidiram que uma vez reconhecida a repercussão geral em recurso extraordinário, as partes ficam impossibilitadas de desistir do processo. A questão foi suscitada pelo relator ao se deparar com pedido de desistência formulado pelos recorridos uma hora antes do início da sessão plenária. Ficou vencido o ministro Marco Aurélio, que admite a desistência.


Leia a íntegra do relatório e voto do relator.



Fonte: Assessoria de Imprensa do STF

QUAIS OS SINAIS DA VOLTA DE JESUS?

Links para esta postagem


1º SINAL - ENGANAÇÃO SEM PRECEDENTES

Nesta série de postagens, faremos uma análise à luz da Bíblia Sagrada, dos sinais que antecedem a segunda vinda de Nosso Senhor Jesus Cristo, comparando estes sinais com a realidade da humanidade na geração em que vivemosl.

No livro de Mateus, no capítulo 24, versos 3 a 5, temos as perguntas dos discípulos e as respostas de Jesus:

"E, estando assentado no monte das Oliveiras, chegaram-se a ele os seus discípulos, em particular, dizendo: Dize-nos quando serão essas coisas, e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo? E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane; Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos."

Nesta passagem, o Senhor Jesus responde os seus discípulos mencionando não somente um sinal, como eles pediram, mas lista uma série de sinais que antecederia a sua vinda, e o primeiro sinal é o da enganação sem precedentes.

A palavra "Cristo" significa "O Ungido", e é uma tradução do hebraico "Messias" que quer dizer "Deus conosco", ou seja, o Cristo é o próprio Deus habitando no nosso meio.

Se Jesus é o Cristo, logo ele é a verdade e solução de todas as coisas, e fora dele não hà nenhuma verdade. Assim, ao dizer que muitos serão enganados, Jesus deixa claro que os falsos cristos afirmarão possuirem a verdade, ou serem a verdade.

Isso é justamente o que temos visto atualmente. Nunca a humanidade esteve tão perdida. A verdade foi relativizada, inclusive existe até o ditado, de que "cada um tem a sua verdade".

Uns seguem a Buda, outros a Maomé, outros a Ghandi, outros a Karl Max, outros a Maria. Mas somente aqueles que cumprem os mandamentos de Jesus Cristo, nunca serão enganados.

2º SINAL - GUERRAS E RUMORES DE GUERRAS


Continuando a mencionar aos seus discípulos os sinais que indicariam a iminência da sua volta, o Senhor Jesus fala sobre as guerras e os rumores de guerra. Vejamos Mt 24:6-8, que diz assim:

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai não vos assusteis, porque é mister que isso tudo acontença, mas ainda não é o fim. Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares."

É interessante observar, que guerras sempre existiram na história da humanidade, mas, que no último século, morreram mas pessoas nas guerras (direta e indiretamente), que nos 1900 anos anteriores. Não obstante, com o advento da globalização e com a evolução da mídia, os conflitos regionais passaram a ter visibilidade mundial, e com isso, passou a cumprir-se de forma efetiva o 2º sinal da volta de Cristo, qual seja a rápida dispersação das informações sobre as guerras, e também os boatos sobre as possíveis guerras.

Notemos que Jesus fala sobre o conflito entre nações e entre reinos, o qual nos leva a concluir que nações representam os diferentes povos e os reinos são os governantes destes povos. Temos observado com uma frequência assustadora e cada vez maior estes conflitos preditos pelo Mestre, sejam povos, como indianos e paquistaneses ou israelenses e árabes, sejam governos, como os dos Estados Unidos e China.

Por fim, Jesus, demonstrando seu amor e seu cuidado, diz para nós não nos assustamos e apenas depositamos nele a nossa confiança, pois estas coisas são apenas o princípio de dores, ou seja, o começo dos sinais que indicam sobre a breviedade de sua volta


3º SINAL - FOME INTENSA EM VÁRIOS LUGARES DO MUNDO


"Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares."

É bem verdade que as guerras e as fomes têm acompanhado a humanidade por muito tempo. Mas, Jesus, ao mencionar aos seus discípulos os sinais que indicariam a proximidade da sua vinda, estava indicando que estes sinais aconteceriam de forma mais intensa, e também seriam mais amplamente espalhados pelo mundo.

Se observarmos a parábola da figueira, quando Jesus menciona o período de uma geração bíblica: "Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas estas coisas aconteçam.", e ainda, em Salmos 90:10 "A duração da nossa vida é de setenta anos...", podemos ver que a geração que viu a figueira renascer (Israel foi criado em 1948), presenciou um aumento dramático em intensidade e tamanho dos sinais que indicam a proximidade da vinda de Cristo.

Estes sinais estão intrínsicamente relacionados, pois guerras trazem consigo crises financeiras, e estas a fome. Podemos presenciar a situação crítica em que milhares de pessoas no mundo não possuem sequer o básico para alimentar-se, seja no Brasil (desigualdades sociais), seja na África (guerras e secas), na Ásia (chuvas).

A questão é que, embora o homem tenha aumentado a produção de alimentos, por diversos motivos, estes alimentos não tem chegado à mesa de muitas pessoas em todo o mundo, fazendo da fome um problema crônico que tem desafiado os Estados quanto à dificuldade de solução.

Assim, indubitavelmente, temos mais um sinal da volta de Jesus cumprindo-se diante dos nossos olhos.

4º SINAL - EPIDEMIAS GLOBAIS


"Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares."

É incrível como nas últimas décadas, e particularmente nos últimos anos, tem ocorrido o aparecimento de tantas doenças anteriormente não conhecidas e com o poder de propagação a nível mundial. Podemos listar, a aids, o ebola, a gripe do frango, a gripe suína, a gripe espanhola, entre tantas outras doenças que surgem em uma determinada região do planeta e logo se alastram, sem fronteiras, causando pânico em toda a população mundial.

Certamente, este é o sinal que Cristo mencionou, quando afirmou que apareceriam pestes em vários lugares do mundo. Para nós, cristãos, esses sinais são claros, sem possibilidade alguma de confusão quanto à época do retorno de Nosso Senhor Jesus Cristo.

O objetivo central deste blog é, justamente, apresentar estes sinais e as evidências bíblicas que nos mostram o iminente retorno de Jesus à nossa geração.

Felizes são aqueles que lavaram as suas vestiduras no sangue do Cordeiro, e que estão vigilantes e atentos aos sinais deixados pelo Mestre


5º SINAL - TERREMOTOS EM VÁRIOS LUGARES


"Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares. Mas todas estas coisas são o princípio das dores."

A ocorrência de terremotos têm aumentado de forma impressionante. Segundo especialistas, no século XX aconteceram mais terremotos que em toda a história humana conhecida, e na última década, aconteceram mais terremotos que em todo o século XX. No discurso acima, o Senhor Jesus menciona mais um sinal, qual seria a ocorrência de terremotos em vários lugares do mundo, e diz ainda que estes sinais serão apenas o princípio das dores.

Por falar em "dores", nos faz lembrar da mulher que está para dar a luz, e à medida que aproxima-se o momento da concepção, as contrações e as dores aumentam em intensidade e em período de tempo. É exatamente isto que temos observado nestes últimos dias antes da volta de Jesus a esta terra. Os sinais que Ele mencionou para que observássemos estão acontecendo cada vez mais fortes e com menor intervalo de tempo entre eles.

No caso dos terremotos, podemos mencionar a incidência de forma global: México, Argentina, Chile, Estados Unidos, Japão, Irã, Paquistão, Espanha, Nova Zelândia, Haiti, entre tantos outros países, que foram abalados recentemente por terremotos.

Sem dúvida, este é mais um sinal para nós, cristãos, ficarmos atentos às palavras infalíveis do Mestre


6º SINAL - COISAS ESPANTOSAS E GRANDES SINAIS NO SISTEMA SOLAR


Lc 21:11 - "E haverá em vários lugares grandes terremotos, e fomes e pestilências; haverá também coisas espantosas, e grandes sinais do céu."

Lc 21:25-26 - "E haverá sinais no sol e na lua e nas estrelas; e na terra angústia das nações, em perplexidade pelo bramido do mar e das ondas; homens desmaiando de terror, na expectação das coisas que sobrevirão ao mundo. Porquanto as virtudes do céu serão abaladas."

Lendo estes versículos, parece que estamos tendo acesso ás notícias que estão acontecendo no nosso tempo. Estes sinais deixados por Cristo são tão patentes, que nos dão a certeza de que Ele voltará e os nossos olhos O verão vindo nos levar deste mundo tenebroso.

Vejamos alguns dos grandes sinais na atmosfera, no sol, na lua e no espaço sideral que estão acontecendo agora mesmo:

1- O terremoto que atingiu o Japão em 2011, alterou o eixo de rotação da terra;

2 - Os ufologistas não se cansam de propagar as aparições dos objetos voadores não identificados;

3 - A terra têm sido inundada com o fenômeno da aurora boreal;

4 - A lua está com a sua posição em relação à terra alterada;

5 - Repetidas vezes a mídia têm divulgado a presença de asteróides com rota provável de colisão com terra;

6 - A ocorrência de riscos à humanidade por conta das "chuvas de meteoritos";

7 - O sol está apresentando grandes instabilidades, emitindo assim tempestades de calor em direção ao espaço;

Estes são os sinais descritos por Jesus que aconteceriam fora da Terra. No 7º sinal, veremos os sinais que ocorreriam na Terra, especificamente com o homem e com a natureza

7º SINAL - GRANDES INSTABILIDADES NA NATUREZA E NO COMPORTAMENTO HUMANO


Lc 21:25-26 - "E haverá sinais no sol e na lua e nas estrelas; e na terra angústia das nações, em perplexidade pelo bramido do mar e das ondas; homens desmaiando de terror, na expectação das coisas que sobrevirão ao mundo. Porquanto as virtudes do céu serão abaladas."

Enquanto no sistema solar, o sol, a lua e as estrelas nos mostram os sinais de instabilidade, na Terra também vemos o 7º sinal predito por Jesus, qual seja o desequilíbrio da natureza e o comportamento desesperador da humanidade, na angústia em saber e sentir a desarmonia do cosmos.

Os tsunamis são eventos caracterizados por enormes ondas do mar que, por causa da ocorrência de um terremoto submarino passam a ser criadas e direcionadas ao continente. São fenômenos a muito conhecido, principalmente pelos orientais, mas, o que caracteriza este acontecimento como um dos sinais que indicam a iminente volta de Jesus, é o aumento da sua frequência, conforme temos visto atualmente.

Em consequência destas ondas, dos terremotos, dos sinais celestes, das guerras e revoluções, dos furacões e pricipalmente da ausência da paz interior que só Jesus pode oferecer, os homens têm apresentado atualmente um comportamente de total desespero e incerteza com relação ao futuro


8º SINAL - O RENASCIMENTO DA FIGUEIRA (ISRAEL) OCUPANDO LUGAR CENTRAL NO MUNDO


Mt 24:32-34 - "Aprendei pois a parábola da figueira: Quando já os seus ramos se tornam tenros e brotam folhas, sabeis que está próximo o verão. Igualmente, quando virdes todas estas coisas, sabei que ele está próximo às portas. Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas estas coisas aconteçam."

Sl 90:10 - "A duração da nossa vida é de setenta anos..."

Jesus veio inicialmente a este mundo como o descendente de Davi que seria o Messias de Israel. Com a rejeição dos judeus a Cristo, eles, no ano 70 d.C foram expulsos da Judéia e dispersos pelo mundo. Assim, Jesus profetizou que um dos sinais de que Ele estaria retornando, seria justamente o renascimento da nação de Israel com o respectivo retorno do povo judeu para a sua terra. Isto aconteceu de fato, após a segunda guerra mundial, sendo que no dia 15 de maio de 1948 estava criado oficialmente o Estado de Israel.

Jesus ainda disse, que a geração que veria o renascimento de Israel, não passaria, sem que todos os sinais, inclusive o seu retorno, acontecesse. Mas sabemos, que uma geração bíblica, conforme Sl 90:10, são de 70 anos judaicos (aproximadamente 69 anos gregorianos). Assim, esta geração está prevista para acabar no ano de 2017.

A palavra de Deus diz que não somente Israel renasceria, mas que ocuparia um lugar central na história do mundo, conforme vemos em Zc 12:2-3- "Eis que porei a Jerusalém como um copo de tremor para todos os povos em redor, e também para Judá, quando do cerco contra Jerusalém. E acontecerá naquele dia que farei de Jerusalém uma pedra pesada para todos os povos; todos os que carregarem com ela certamente serão despedaçados, e ajuntar-se-ão contra ela todas as nações da terra.". E, em Zc 12:9, completa: "E acontecerá, naquele dia, que procurarei destruir todas as nações que vierem contra Jerusalém;"

Este é justamente o cenário que temos visto, em que todas as nações da terra têm voltado suas atenções para Israel, com o objetivo de riscar esta pequenina e pederosa nação do mapa

9º SINAL - O ANTICRISTO E O FALSO PROFETA


Mt 24:5 - "Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos."

Mt 24:23 - "Então, se alguém vos disser: Eis que o Cristo está aqui, ou ali, não lhes deis crédito;"

Mt 24:15 - "Quando pois virdes que a abominação da desolação, de que falou o profeta Daniel, está no lugar santo; quem lê, atenda;"

Dn 9:27 - "E ele firmará um concerto com muitos por uma semana: e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oferta de manjares; e sobre a asa das abominações virá o assolador, e isso até à consumação; e o que está determinado será derramado sobre o assolador."

II Tess 2:1-4 - "Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição; O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus,"

Jo 5:43 - "Eu vim em nome do meu Pai, e não me aceitais; se outro vier em seu próprio nome, a esse aceitareis."

Crise financeira mundial, terceira guerra mundial, falsa ameaça de invasão alienígena, falso aquecimento global, tormentas solares, grandes terremotos e tsunamis, quedas de asteróides, chuvas de meteoritos, fomes e pestilências em escala global. É neste cenário, que de forma sutil aparecerá uma pessoa, que, com o discurso de "unidade na diversidade", "todos somos um", conseguirá resolver, aparentemente, as calamidades humanas.

A crise financeira mundial será resolvida com a moeda única mundial, provavelmente o chip sob a pele. A guerra será resolvida com um acordo entre Israel, os árabes e o resto do mundo. O falso aquecimento global será enfrentado com o estabelecimento de uma economia mundial "verde". As diferenças religiosas serão sanadas através do conselho mundial das religiões, sob o comando do Falso Profeta. A fome será resolvida, pois se criará um sistema de distribuição de alimentos, tipo o "programa bolsa família" aplicado no Brasil.

Com a solução aparente dos problemas da humanidade, o Executivo Mundial será aclamado por todos os povos e proclamará Jerusalém como sua capital, exigindo ainda a adoração de todas as pessoas, sendo que receberá essa adoração.

Mas, somente um povo na terra se recusará a adorá-lo e a receber a sua marca. Trata-se da IGREJA DE CRISTO, composta dos verdadeiros cristãos e dos judeus messiânicos, agora cristãos também.

Contra estes, o Anticristo descarregará a sua fúria, que se manifestará na Grande Tribulação dos cristãos

10º SINAL - APOSTASIA

(ESCÂNDALOS, TRAIÇÕES, FALSOS PROFETAS E O ESFRIAMENTO DO AMOR POR CRISTO E PELO PRÓXIMO)

Mt 24:10-13 - "Nesse tempo muitos serão escandalizados, e trair-se-ão uns aos outros, e uns aos outros se aborrecerão. E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos. E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará. Mas, aquele que perseverar até ao fim será salvo."

II Tess 2:3 - "Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição."

Antes e durante a grande tribulação dos cristãos, estará ocorrendo um dos sinais preditos por Cristo como indicativo da iminência do seu retorno. Trata-se da APOSTASIA, que significa "afastamento", ou seja: Pessoas que dizem ser cristãs, mas que não possuem nada de cristãs, e ainda ensinam outras pessoas a afastarem-se do verdadeiro caminho.

Hoje, é moda dizer que é cristão, inclusive, temos total liberdade de culto. Mas durante a grande tribulação, não será assim, pois com o aumento da perseguição, muitos abandonarão a Cristo, e se voltarão para o mundo, sendo que enquanto para os cristãos será momento de angústia, para o restante será um momento de prosperidade e felicidade, conforme disse Jesus, em Lucas 17:28-30 - "Como também da mesma maneira aconteceu nos dias de Ló: comiam, bebiam, compravam, vendiam, plantavam e edificavam. Mas no dia em que Ló saiu de sodoma choveu fogo e enxofre, e os consumiu a todos. Assim será no dia em que o Filho do Homem se há de manifestar."

A maldade e o pecado se multiplicará muito dentro do próprio movimento daqueles que se dizem cristãos (Essa é a Apostasia). Os próprios líderes cristãos serão os primeiros a trairem os demais e a Cristo, e muitos falsos profetas enganarão as ovelhas incautas com doutrinas de perdição e ecumenismo. Paulo já falava sobre isso a Timóteo, em I Tm 4:1 -"Mas, o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrina de demônios.".

Assim, somente permanecerão firmes os verdadeiros cristãos. Inclusive, a palavra "tribulação" origina-se do latim tribulum, que era um instrumento utilizado pelos agricultores para separar o joio do trigo. Neste sentido, a palavra encaixa-se perfeitamente, pois na grande tribulação será realizada realmente a separação entre os verdadeiros e os falsos cristãos, e somente "aqueles que perseverarem até o fim serão salvos


11º SINAL - A GRANDE TRIBULAÇÃO - PERSEGUIÇÃO MUNDIAL AOS VERDADEIROS CRISTÃOS




Mt 24:9 - "Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as gentes por causa do meu nome."

Mt 24:21 - "Porque haverá então grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tão pouco há de haver."

Ap 7:9 - "Depois destas coisas olhei, e eis aqui uma multidão, a qual ninguém podia contar, de todas as nações, e tribos, e povos, e línguas, que estavam diante do trono, e perante o Cordeiro, trajando vestidos brancos e com palmas nas suas mãos:"

Ap 7:13-14 - "E um dos anciãos me falou, dizendo: Estes que estão vestidos de vestidos brancos, quem são, e donde vieram? E eu disse-lhe: Senhor, tu sabes. E ele disse-me:Estes são os que vieram da grande tribulação, e lavaram os seus vestidos e os branquearam no sangue do Cordeiro."

II Pe 3:17-18 - "Porque melhor é que padeçais fazendo bem (se a vontade de Deus assim o quer), do que fazendo mal. Porque também Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos a Deus; mortificado, na verdade, na carne, mas vivificado pelo Espírito."

II Pe 4:13 - "Mas, alegrai-vos no fato de serdes participantes das aflições de Cristo; para que também na revelação da sua glória vos regozijeis e alegreis."

I Pe 4:16 - "Mas, se padece como cristão, não se envergonhe, antes glorifique a Deus nesta parte."

Ap 2:10 - "Sê fiel até a morte, e dar-te-ei a coroa da vida."

Após a recusa dos cristãos em receber a marca do Anticristo e adorá-lo, ele os perseguirá e matará a muitos, sendo que uma parte dos servos de Cristo, de forma milagrosa, será protegida por Deus. Esta parte é que passará pelo arrebatamenro sem sofrer a morte.


12º SINAL - A PREGAÇÃO DO EVANGELHO EM TODO O MUNDO

Mt 24:14 - "E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as gentes, e então virá o fim."
Jesus deixou bem claro que Ele somente voltaria quando o evangelho fosse anunciado em todo o mundo. Este sinal está se cumprindo em nosso dias. Com o advento da internet, qualquer pessoa no planeta poderá conhecer a Cristo.

Mesmo na grande tribulação, o evangelho será anunciado, pois o martírio e a perseguição aos cristãos será notícia em todo o mundo, sendo que todas as pessoas saberão que os cristãos estarão sofrendo perseguições e mortes por amor ao nome de Jesus Cristo.

Assim, o mundo não terá desculpas diante de Deus quando do julgamento, e então.... VIRÁ O FIM, pois Jesus voltará, e:

- ressuscitará os mortos;

- transformará os vivos;

- arrebatará a igreja;

- destruirá o anticristo, o falso profetas e seus exércitos;

- destruirá o mundo;

- fará o julgamento dos ímpios e dos anjos maus;

- lançará os ímpios e os anjos maus no lago de fogo;

- criará novos céus e nova terra, com a nova Jerusalém, onde os salvos viverão eternamente.

13º SINAL - SERÁ COMO NOS DIAS DE NOÉ


Mt 24:37-39

“E, como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem. Porquanto, assim como, nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos – assim será também a vinda do Filho do homem.”

Gn 6:5

“E viu o Senhor que a maldade do homem se multiplicara sobre a terra, e que toda a imaginação dos pensamentos do seu coração era só má continuamente.”

Gn 6:1

“A terra porém estava corrompida diante da face de Deus; e encheu-se a terra de violência.”
Quando observamos o padrão moral da sociedade atual, somos forçados a comparar a nossa geração com aquela dos dias de Noé. Inclusive, ao mencionar os sinais que indicariam a proximidade da sua vinda, o Senhor Jesus nos disse que a geração que veria a sua volta seria bem parecida com a dos dias de Noé.

Vejamos algumas semelhanças entre essas gerações:

1 – Exagero apego aos prazeres humanos: Comer, beber e casar são atividades cotidianas de uma sociedade, mas o que o Senhor condenou foi o ato de levar a vida somente preocupando-se com estas atividades, sem sequer pensar na possibilidade do retorno do Filho do homem. Quando o ser humano só pensa nas coisas terrenas, ele fica desapercebido da realidade espiritual;

2 – Multiplicação da Maldade: O mal em si é algo que causa uma repulsa natural no ser humano. Mas, quando a prática do mal torna-se comum e rotineira em uma sociedade, a repulsa desaparece, e o mal passa a multiplicar-se em larga escala, levando o ser humano à destruição física, moral e espiritual;

3 – Pensamentos maus continuamente: Como consequência da multiplicação do mal, ocorre a deformação moral do ser humano, e o seu coração torna-se mau por completo;

4 – A terra encheu-se de violência: Junta-se uma vida apegada somente aos prazeres do mundo, a multiplicação da maldade e a corrupção total da imaginação dos pensamentos humanos, e temos como resultado o A TERRA CHEIA DE VIOLÊNCIA.
CONCLUSÃO: Assim como a geração de Noé pereceu pelo dilúvio como castigo pela sua maldade, a nossa geração também perecerá por causa da sua perversidade, sendo que agora será através do fogo, conforme profetizado pelo Apóstolo Pedro.


14º SINAL - SERÁ COMO NOS DIAS DE LÓ


Lc 17:28-29

“Como também da mesma maneira aconteceu nos dias de Ló: comiam, bebiam, compravam, vendiam, plantavam e edificavam; mas no dia em que Ló saiu de Sodoma choveu do céu fogo e enxofre, e os consumiu a todos.”

Gn 19:5

“E chamaram a Ló, e disseram-lhe: Onde estão os varões que a ti vieram nesta noite? Traze-os fora a nós, para que os conheçamos.”

Jd 1:7

“Assim como Sodoma e Gomorra, e as cidades circunvizinhas, que, havendo-se corrompido como aqueles, e ido após outra carne, foram postas por exemplo, sofrendo a pena do fogo eterno.”

A geração que verá o retorno de Jesus Cristo será semelhante às gerações dos dias de Noé e de Ló. Conforme observamos em gênesis, o que caracterizou a sociedade dos dias de Ló, além de muitos outros pecados, foi a violência, pois a bíblia diz que a terra se encheu de violência, e que as imaginações (pensamentos) do coração do homem era má continuamente.

Agora, vamos nesta postagem analisar outras características da atual sociedade que a identificam como aquela que verá o retorno de Jesus Cristo. São as características da sociedade do tempo de Ló.

Ló era sobrinho do patriarca Abraão, e após separar-se do seu tio, foi habitar na cidade de Sodoma. Apesar de Ló conhecer o Deus de Abraão, ele não tinha intimidade com Ele, pois tomou a decisão errada de ir habitar em uma cidade totalmente depravada.

Quando os pecados de Sodoma chegaram ao limite do suportável por Deus, o Eterno a resolveu destruir, mas teve que retirar Ló e sua família, pois este homem, ainda que falho e dúbil, temia a Deus e era justo.

Da mesma forma que a sociedade pré-diluviana, Sodoma tinha muitos pecados, mas o principal deles, conforme observamos nas escrituras, era o homossexualismo, em todas as suas variações. Os habitantes de Sodoma chegaram ao ponto de tentarem estuprar os anjos que foram resgatar Ló.

Não se parece com a sociedade atual? Sim, com certeza. Se olharmos no retrovisor do tempo, voltando uns trinta anos no passado, podemos lembrar o quanto a prática homossexual era recriminada pela sociedade. Mas, lentamente, as forças do mal se infiltraram nas diversas instituições do Estado e da sociedade, transformando o homossexualismo em um direito civil, sendo que hoje, qualquer pessoa que se oponha a esta prática poderá ser punida pelo Estado.

Esta será apenas mais uma razão pela qual os cristãos serão perseguidos e mortos durante a grande tribulação, pois os princípios de Deus são opostos ás práticas malignas

“Mas os céus e a terra que agora existem pela mesma palavra se reservam como tesouro, e se guardam para o fogo, até o dia do juízo, e da perdição dos homens ímpios.”


15º SINAL - GRANDES SINAIS NO CÉU

Lc                                                       21:11

“E haverá em vários lugares grandes terremotos, e fomes e pestilência; haverá também coisas espantosas, e grandes sinais do céu.”

A nossa geração tem se acostumado a testemunhar a ocorrência de grandes acontecimentos que não ocorriam antes. Podemos lembrar dos tsunamis e dos grandes terremotos recentes.

Jesus afirma que antes da sua vinda aconteceriam grandes sinais nos céus e coisas espantosas. Mas, que acontecimentos seriam esses? Creio que os grandes sinais nos céus sejam aqueles preditos pelos profetas e pelo próprio Senhor, quanto ao sol, à lua e às estrelas (meteoros):

Mt 24;29

“E, logo depois da aflição daqueles dias, o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz, e as estrelas cairão do céu, e as potências dos céus serão abaladas.”

Hoje, qualquer pessoa que acompanha as notícias sabe que o sol está passando por turbulências e tem apresentado manchas. Quanto aos meteoros, todo dia, centenas deles atingem a atmosfera da terra e são destruídos, mas estudos apontam que existe uma probabilidade de um grande meteoro atingir a terra no curto prazo. Vejamos estas passagens bíblicas:

Ap 8:8

“E o segundo anjo tocou a trombeta; e foi lançada no mar uma coisa como um grande monte ardendo em fogo, e tornou-se em sangue a terça parte do mar.”

E;

Ap 8:10

“E o terceiro anjo tocou a sua trombeta, e caiu do céu uma grande estrela, ardendo como uma tocha, e caiu sobre a terça parte dos rios, e sobre as fontes das águas.”

CONCLUSÃO: Creio que estes sinais ainda não aconteceram em sua plenitude, pois segundo o Senhor, estes fatos acontecerão logo depois da grande tribulação, e esta ainda não aconteceu, mas está bem perto de começar. Todavia, devemos estar em estado de alerta, pois os demais sinais em conjunto nos mostram a proximidade da vinda do Senhor. Estejamos preparados, pois “o que há de vir, virá, e não tardará.

16º SINAL - COISAS ESPANTOSAS NO CÉU

Lc 21:11
“E haverá em vários lugares grandes terremotos, e fomes e grandes pestilências; haverá também coisas espantosas, e grandes sinais do céu.”
Na parábola da figueira, o Senhor Jesus afirma que a geração que veria a sua volta seria aquela que testemunharia o renascimento da nação de Israel. Como sabemos, este país passou a existir na era moderna, no ano de 1948.
Você já parou para pensar que os sinais preditos por Cristo como indicativos da sua volta passaram a se intensificar a partir do renascimento de Israel? Sim, é verdade, e um destes sinais, é o aparecimento nos céus em vários locais do mundo, dos chamados OVNIS (objetos voadores não identificados), conhecidos popularmente como discos voadores.
Estes aparecimentos de OVNIS têm se intensificado nos últimos anos, sendo que boa parte da população mundial espera que os governos venham a público afirmar que não estamos sós no universo.
E, conforme afirmou o Senhor Jesus, estes aparecimentos têm causado espanto nos céus, ao ponto de muitos que se diziam cristãos, terem abandonado a fé, tornando-se adeptos da ufologia.
Mas, que ninguém nos engane, pois sabemos que estes aparecimentos são armadilhas do nosso inimigo com o objetivo de causar pânico e fazer com que milhões de pessoas neguem o sacrifício de Jesus na cruz, conforme diz o Apóstolo Paulo em II Tess 2:9-11;
A esse cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás, com todo o poder, e sinais e prodígios de mentira, e com todo o engano da injustiça para os que perecem, porque não receberam o amor da verdade para se salvarem. E por isso Deus lhes enviará a operação do erro, para que creiam a mentira;”
CONCLUSÃO: Os Ovnis serão muito úteis para o Anticristo, pois o mesmo usará a desculpa de que a humanidade precisa se unir para poder resistir aos ataques extraterrestres, e assim conseguirá implementar A SUA DITADURA MUNDIAL E A PERSEGUIÇÃO AOS CRISTÃOS.

17º SINAL - A UTILIZAÇÃO DA IGREJA COMO UM NEGÓCIO LUCRATIVO
II Pe 2:1-3
“E também houve entre o povo falsos profetas, como também entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmo repentina destruição. E muitos seguirão as suas dissoluções, pelos quais será blasfemado o caminho da verdade. E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita.”
Mt 21:12
“E entrou Jesus no templo de Deus, e expulsou todos os que vendiam e compravam no templo, e derribou as mesas dos cambistas e as cadeiras dos que vendiam pombas.”
A Bíblia Sagrada é enfática ao afirmar que nos tempos finais apareceriam falsos profetas e falsos pastores que envergonhariam o evangelho de Cristo, fazendo deste um grande e lucrativo negócio.
É bem verdade que durante toda a história do cristianismo, esse fenômeno sempre existiu, ora como maior, ora com menor intensidade.
Mas, nas últimas décadas, temos contemplado estarrecidos o que se passa no meio que se diz cristão. Não há igreja ou denominação que escape, pois este mal já contaminou a todas.
Pastores que outrora viviam uma vida modesta cuidando do rebanho, hoje moram em mansões, andam em carrões ou aviões, possuem seguranças armados para lhes protegerem, são políticos, e em alguns casos estão entre os homens mais ricos. Bem diferente daquele Grande Pastor que não tinha onde repousar a cabeça.
Existem pastores que numeram os membros das suas igrejas como um grande fazendeiro ao numerar o seu gado. Quando chega o período das eleições políticas, estes pastores “vendem” os votos de suas ovelhas aos ímpios, e ganham grande recompensa financeira.
Mas o Senhor não dormita. Ele voltará e fará justiça! Que possamos observar este como mais um sinal que indica que a nossa geração verá a volta do Senhor.
18º SINAL - AS ADULTERAÇÕES NO LIVRO SAGRADO
Ap 22:19
“E, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte na árvore da vida, e da cidade santa, que estão escritos neste livro.”
I Jo 2:22
“Quem é o mentiroso, senão aquele que nega que Jesus é o Cristo? É o anticristo esse mesmo que nega o Pai e o Filho.”
Outro sinal que indica que a atual geração será aquela descrita na bíblia como a que verá o retorno de Cristo, é a ocorrência de sutis alterações que nas traduções da Bíblia Sagrada.
O apóstolo João afirma que a principal característica do anticristo é que ele vai negar a divindade do Senhor Jesus. Mas, como fazer os crentes se desviarem dos ensinamentos de Cristo sem que eles notem? A resposta é justamente esta: alterar o que está escrito na Bíblia,mas de maneira sutil.
Nos últimos anos temos observado uma avalanche de traduções da Bíblia, cada uma dando ênfase a um ponto de vista. Temos a Bíblia da vitória financeira, a Bíblia pentencostal, a Bíblia da oração, e tantas outras, culminando com a pior tradução, a bíblia NVI – Nova versão Internacional, que além de possuir grandes deturpações dos textos sagrados, foi criada por uma equipe de “sábios” composta por algumas pessoas assumidamente homossexuais.
As principais deturpações desta tradução são:
1 – No lugar de “Senhor Jesus”, eles escreveram “Jesus” – ataque ao senhorio de Cristo;
2 – No lugar de “Jesus Cristo”, eles deixaram somente “Jesus” – ataque à divindade de Cristo;
3 – No lugar de “homens”, eles escreveram pessoas;
4 – No lugar de “sodomitas”, eles escreveram “escandalosos”, para descaracterizar o homossexualismo;
5 – E muitas outras.
Este é mais um sinal de que a volta de Jesus se aproxima. Em muitas igrejas, pessoas sinceras já estão levando debaixo do braço outra bíblia, que não a verdadeira
19º SINAL – A MULTIPLICAÇÃO DA CIÊNCIA
Dn 12:4
“E tu Daniel, fecha estas palavras e sela este livro, até ao fim do tempo: muitos correrão de uma parte para outra, e a ciência se multiplicará.
Mais um sinal que evidencia que a atual geração verá a volta do Senhor Jesus, é a multiplicação da ciência. Há mais ou menos um século, tínhamos no mundo um cenário totalmente diferente do que temos hoje.
O homem andava a cavalo, não havia telefone, televisão, nem internet. Sem contar a medicina, que ainda evoluia. A ciência vinha progredindo, mas a pequenos passos, sendo que podemos dizer que ocorria uma progressão aritmética (o conhecimento anterior somava-se ao conhecimento produzido).
Mas, de repente, tudo começou mudar. Apareceram o carro, o telefone, o avião, a internet e a medicina evoluiu. O conhecimento não mais passou a progredir de forma aritmética, mas sim de forma geométrica, com uma subsequente alteração radical do ambiente.
Hoje, o homem gaba-se de grandes coisas e já pensa em colonizar a lua e marte. Mas aqui mesmo na Terra, a fome, as doenças e a desarmonia entre os seres humanos, só aumentam. Tudo isso confirma o que as escrituras já diziam:
II Tim 3:2-4
“Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus.”
Este é o estado dessa geração: progresso material e retrocesso espiritual
20º SINAL – A NEGAÇÃO DA DIVINDADE DE JESUS E OS ATAQUES À SUA PESSOA
I Jo 2:22
“Quem é o mentiroso, senão aquele que nega que Jesus é o Cristo? É o anticristo esse mesmo que nega o Pai e o Filho.”
Outra característica que tem ocorrido ultimamente com mais intensidade na nossa geração, é o ataque à divindade de Jesus. Sabemos que o mundo político, social e até mesmo religioso não é obrigado a aceitar a pessoa de Jesus como as escrituras mostram. Essa aceitação é particularmente objeto de reconhecimento pelos discípulos de Jesus, ou seja, aqueles que se declaram cristãos e seguem os ensinamentos do Mestre.
Contudo, o que temos observado, principalmente nos últimos anos, após a expansão das mídias de massa como a televisão e a internet, é um intenso ataque contra a pessoa de Jesus, de forma a tentar ao máximo desacreditar o caráter de Cristo junto às pessoas.
Cada dia aparece algo novo, dos ditos “cientistas” ou “arqueólogos”, com teorias e informações que tentam mostrar Jesus ou como um mito ou como mais um ser humano qualquer que passou por este mundo.
O cristão, que se orienta pela Bíblia Sagrada deve levar em conta mais este sinal e entender que os tempos que ora vivemos são aqueles descritos por Jesus Cristo como aqueles que antecederiam a sua gloriosa volta.
A Bíblia afirma que a salvação do ser humano está ligada intimamente ao ato de crer, e que esse ato depende unicamente do indivíduo. Assim, para os que se salvam, Jesus é o Rei, O Messias, a Luz e a razão da existência. Mas para os que se perdem, apenas um homem comum, pois os olhos destes foram cegados pelo deus deste século, para que a luz de Cristo não resplandeça, e isto é o que tem acontecido com a atual geração
21º SINAL - O APARECIMENTO DO EVANGELHO DA PROSPERIDADE
Ap 3:14-17
“Eu sei as tuas obras, que nem és frio nem quente: oxalá foras frio ou quente! Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca. Como dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um desgraçado, e miserável, e pobre, e cego, e nu;”
Fp 1;29
“Porque a vós foi concedido, em relação a Cristo, não somente crer nele, como também padecer por ele.”
Fp 4:12
“Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome, tanto a ter abundância como a padecer necessidade.”
I Tim 6:7-10
“Porque nada trouxemos para este mundo, e manifesto é que nada podemos levar dele. Tendo, porém, sustento, e com que nos cobrirmos, estejamos com isso contentes. Mas os que querem ser ricos caem em tentação e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, porque submergem os homens na perdição e ruína. Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se transpassaram a si mesmos com muitas dores.”
Um dos sinais que mostram a iminência do retorno de Cristo é a apostasia no meio dos que se dizem cristãos, e umas das facetas desse afastamento é justamente o aparecimento do famigerado evangelho da prosperidade. A igreja pobre que tinha como única riqueza a Cristo, passa agora a querer ser rica, e utiliza esse mesmo Cristo apenas como uma alavanca para conseguir obter a riqueza do mundo material.
Como consequências da igreja tornar-se rica, temos que ela também se transforma em morna. E, o que é uma igreja morna? Para responder a esta pergunta, precisamos primeiramente saber o que é ser frio e quente.
O ser humano frio é o ignorante quanto às coisas espirituais, e vive segundo o curso do mundo, praticando a iniquidade. O quente é o vigilante e conhecedor das coisas espirituais, e que pratica o evangelho;
E, por fim, o morno, é aquele que embora conhecendo as coisas espirituais, vive em conformidade com o mundo, sendo que este é o pior de todos, que Jesus abomina e está a ponto de vomitá-lo de sua boca.
E não é este justamente o quadro que temos visto hoje? Qual é a igreja que prega o desapego às coisas materiais? Qual é a igreja que prega que ao cristão está reservado o sofrimento e a perseguição nesta vida?
Conforme está escrito em filipenses, quanto a Cristo, nos está reservado não somente crê nele, mas também, padecer por ele. E, por falar em padecer, é bom lembrar que A GRANDE TRIBULAÇÃO está às portas, e nós cristãos, haveremos de sofrer por causa do nome de Jesus neste tempo de trevas que virá.

Veja: COMO SABER QUAL É A VERDADEIRA IGREJA DE DEUS? Neste LINK ABAIXO


http://waldirmadruga.blogspot.com.br/2015/02/como-saber-qual-e-verdadeira-igreja-de.html